Subscrição de CoffeeLetters

Os preços do café chegaram hoje, em Nova Iorque, aos valores mais elevados desde 1997, alavancados pelos receios de que a produção não seja suficiente para satisfazer a procura.
Segundo o New York Board of Trade, as reservas de café caíram para 1,64 milhões de sacas, na passada sexta-feira. Já a Federação Nacional de Produtores de Café da Colômbia, disse, a 21 de Janeiro, que esperava uma quebra nas colheitas em Antioquia, a maior região produtora do país, devido ao excesso de chuva neste Verão.


De acordo com o neurocirurgião, Dr. Michael Oshinsky, da Thomas Jefferson University (Filadélfia, EUA), a cafeína presente no café reage com os componentes químicos do etanol e do álcool puro.
O etanol provoca dores de cabeça devido a um acetato químico que pode produzir, e até mesmo pequenas doses podem afectar algumas pessoas mais do que outras.


O Vietname, segundo maior produtor mundial de café, a seguir ao Brasil, exportou só no mês de Dezembro de 2010, 2,2 milhões de sacas de café, o equivalente a 132 mil toneladas, o que representa um crescimento de 10,3% em comparação com o mês de Dezembro de 2009.
Os vietnamitas são dos asiáticos mais optimistas em relação ao ano que agora começou. Uma sondagem mundial, ontem divulgada, revelou que 70% dos vietnamitas acreditam que 2011 vai ser um ano de muita prosperidade económica. Optimismo que só é partilhado por 15% dos cidadãos europeus.
Fonte: Diário de Notícias


Um estudo realizado pela University of Nebraska Medical Center (Nebraska, EUA), com 200 crianças entre os 5 e os 12 anos de idade, demonstrou que 75% consome cafeína em excesso, o que está associado a problemas de sono.
De acordo com o Dr. William Warzak, responsável pela investigação, algumas crianças chegam a consumir o equivalente a uma lata de refrigerante por dia.


Páginas

Subscribe to Front page feed